As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Teorias da Constipação

Conforme vamos escrevendo, assim vamos encontrando quem também como nós protesta, com quem indentificamos o nosso pensamento a escrita, imagens ou palavras, aconteceu isso com o blogue "Protesto Gráfico" http://protestografico.wordpress.com/
Caros Bloguistas Militantes,
Cheguei à conclusão que tenho andado um pouco distraído, aliás, temos andado todos um pouco distraídos.
Precisamos que a Liberdade volte a passar por aqui.
Afinal parece que existe mesmo uma separação de poderes.
Uma separação clara lógica e evidente, a separação dos poderes que são escrutinados, regular, periódica, universal e secretamente através do voto, e a outra que não é escrutinada, e que ninguém tem mão, dos que se encaixam na primeira parte da frase, refiro-me como é óbvio ao poder executivo e legislativo, quanto á segunda parte da frase dos que sem rei nem roque mandam, obviamente que é o poder Judicial, põe e dispõe como lhe dá na gana.
E quando falo do poder judicial, não falo dos juízes, mas sim de quem tem o poder de fazer as acusações públicas, o Ministério Público.
Vejamos os casos recentes da Censura ao Computador Magalhães no Carnaval de Torres Vedras e também o caso que passo a citar «A PSP de Braga apreendeu hoje numa feira de livros de saldo alguns exemplares de um livro sobre pintura. A polícia considerou que o quadro do pintor Gustave Courbet, reproduzido nas capas dos exemplares, era pornográfico (...)» (in Público), e vejamos também os casos que se arrastam, são eles: trabalhos de investigação medíocre, acusações mal elaboradas, enquadramentos de crimes que são duvidosos, quanto a duvidosos, refiro-me aos cursos de direito que estes procuradores tiraram...
Os casos mediáticos e que são escândalos públicos (e não mediáticos, já vi uns quantos), quando chegam à barra devido a trabalho medíocre e acusações mal feitas, depois de um alarme social enorme quando vamos a ver a Montanha pariu um rato...
Exemplos? Mais que muitos, o caso Braga Parques e da condenação ridícula que daí adveio (sim estou a falar de um caso em concreto, e depois, qual é o problema? Não me digam que também me vão censurar o blogue?), é provada a corrupção activa, e o arguido sai de lá com uma multa que para ele são amendoins, e a dizer que não fez nada de mal e que vai continuar a fazer.
O ministério Público, que deveria pugnar pela justiça e pelo segredo de justiça, é o primeiro a lucrar com a venda desse segredo aos jornalistas, e é tão eficaz no combate ao crime que nem dentro do seu departamento sabe de onde vem essa fuga de informação, e todos os inquéritos acerca disso dão em nada, zero... e tudo volta ao início, à fuga de informação...
O que eles querem sei eu, topa-se à légua, querem desacreditar o sistema, querem minar o sistema, já começaram por deixar impunes as grandes fortunas e começaram a punir os políticos, e se ninguém os pára vão por aí fora, o céu é o seu limite.
Se isto é justiça, se isto é o exemplo, vou ali morar para outro país e já não venho.
Voltemos ao caso do Carnaval de Torres Vedras e a Braga.
Ao que consta os procuradores de justiça, não andam contentes, e uma das primeiras acções que tomaram foi mudarem o nome do departamento para que trabalham, então em vez de lhe chamarem Ministério Público para Ministério Pudico.
Em Braga na Feira do Livro, estes senhores apreenderem livros que tem na capa a pintura de um famoso pintor, retratando uma mulher nua, e que está exposto se não estou em erro no Museu D'Orsay, mandarem tapar as imagens de mulheres nuas que estavam a satirizar o Computador Magalhães no Carnaval de Torres Vedras, o Ministério Pudico e o seu braço armado a PSP, escondem-se atrás de denúncias feitas por cidadãos que ali estava pornografia...
Mas esperem lá a censura não tinha acabado? Ou estamos todos distraídos,e afinal disseram que tinha acabado e ficou o dito por não dito?
Na cidade dos arcebispos, está-se mesmo a ver quem fez a denúncia, algum padre mais fundamentalista, ou alguma rata de sacristia, mas o preocupante é que são dois municípios socialistas.
Ora, como eu os conheço bem, tanto os municípios como os socialistas, sem colocar as mãos no fogo, tenho a certeza que quem está no governo não se iria importar com minudências, por isso deixo o governo de fora desta contenda.
Agora o Ministério Público, que é um poder independente, controlado independentemente, esse não sabemos, nunca sabemos com que linhas se cose... esse está numa cruzada pudica ao que parece.
Já não bastava, todos sermos tratados como terroristas na entrada dos EUA, todos somos considerados suspeitos, para agora em Portugal, andarem a ensaiar o mesmo.
Começam com a parte pudica, e se nós deixamos sabe-se-lá onde poderemos chegar.
É assim que começam a cercar e cercear a Liberdade, uns, os EUA, escondem-se atrás do terrorismo, nós em Portugal escondemos atrás do pudico, o resultado final é o mesmo, ficarmos sem as liberdades consagradas nas nossas constituições.
E nós vamos deixar que isso aconteça de animo leve?
É a pior das previsões de George Orwell em acção, o novo big brother a funcionar, a nova polícia dos costumes, cercando e vigiando os nossos actos, vendo e anotando cada passo que damos, cerceando a nossa vontade e assim a nossa liberdade.
E os terroristas são os outros não é?
Ora não queremos nem uns nem outros.
Há muito que já deveríamos ter dito não.
Mas temos andados distraídos com a arranjar a nossa opulência, a construir a nossa riqueza, andamos a preocupar-nos mais com o ter do que com o ser.
Qualquer diz esta gente, que deve ser daquela ala radical e autónoma da Igreja Católica, e que aparece retratada no livro de Dan Brown "O Código da Vinci", ainda retira dos curricula escolares "Os Lusíadas". só por conter aquele canto sobre a ilha dos amores...
Ah, esperem já retiraram isso dos curricula.
Ou acordamos e agimos agora, ou um dia quando acordarmos já será tarde.
Está na hora, como diz um dito popular "ABRE OS OLHOS MULA QUE JÁ É DIA"
Temos mesmo de fazer a Liberdade passar por aqui.

MARÉ ALTA - SÉRGIO GODINHO
Aprend'a nadar, companheiro
aprend'a nadar, companheiro
que a maré se vai levantar
que a maré se vai levantar
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Maré alta
Maré alta
Maré alta
(Aprend'a nadar,...)
(Aprend'a nadar,...)
Aprend'a nadar, companheiro
aprend'a nadar, companheiro
que a maré se vai levantar
que a maré se vai levantar
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui

ELE HÁ CARGAS FANTÁSTICAS NÃO HÁ? POR ESTE ANDAR A BRIGADA QUALQUER DIA É CENSURADA E NINGUÉM DÁ POR ISSO...

Sem comentários: