As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

sábado, 20 de outubro de 2007

Está tudo "TRATADO" em Lisboa

Caros Bloguistas Militantes

Estou contente.

Confesso que estou.

O facto do nosso Primeiro-Ministro, "José Sócrates", que tem em simultâneo a Presidência do Conselho da União Europeia, e o Presidente da Comissão Europeia "J. Durão Barroso", terem obtido dos 27 países que compõem a União Europeia, este Tratado assinado em Lisboa, deixou-me satisfeito.

As razões são muitas, para quem estudou Direito Comunitário e cruzou os seus conhecimentos com a história do direito e ainda com a disciplina da história em geral, consegue vislumbrar aqui um tratado positivo.

Positivo porque finalmente para os alunos de direito e para a ciência jurídica em geral, esperemos que os tratados se fundam só num e os métodos se simplifiquem.

Positivo também, porque a ideia de uma Europa Una, já é uma ideia antiga, os Césares romanos pretendiam-na (não de maneira tão evidente como nós hoje a queremos, mas o facto é que quase conseguiram ter uma Europa una); depois o Imperador Napoleão, esse Homem de visão larga, "a gaivota que mais longe porque voa mais alto", queria uma Europa unida com princípios, tanto culturais, como económicos, como políticos (quem for aos "INVALIDES"(Paris) bem o alcance das suas políticas) e quase o conseguiu, não fora uma única batalha ali para os lados de Waterloo na Bélgica.

Estes dois exemplos anteriores, queriam sobretudo que a Europa estivesse em paz.

Quando a CECA (Comunidade Económica do Carvão e do Aço) foi instituída, foi o princípio desse ideal a ser alcançado, depois dos horrendos anos da II Guerra Mundial.

A Europa, tem tido avanços e recuos, e eu confesso que os anos da guerra fria vivi com receio de um holocausto nuclear perpretado pelos EUA ou pela URSS, confesso que estou mais descansado...mas não totalmente.

De tratado em tratado chegámos a Lisboa.

As coisas andaram feias, os eurocépticos ganharam terreno, mas eis que a diplomacia Portuguesa entra em acção no momento certo, a presidência da União veio parar a Portugal no certo momento.

Eu digo muitas vezes menos bem do nosso país, mas quando nos empenhamos a sério, as coisas ficam bem feitas.

Como diz parte e "A Portuguesa" , "brada a Europa á terra inteira. Portugal não pereceu".

Espero que isto se traduza em benefícios para todos os europeus, tanto culturais, como sociológicos, como filosóficos, como económicos, basta desta pasmaceira, basta deste limbo.

Vimos um Primeiro-Ministro José Sócrates descontraído a cumprimentar um não menos descontraído Durão Barroso, e bem engraçado quando lhe disse...

"Foi porreiro, pá!"

E não é que foi mesmo.... e ficou tudo Tratado em Lisboa.


Tanto Mar - Chico Buarque

Sei que estás em festa, pá
Fico contente
E enquanto estou ausente
Guarda um cravo para mim
Eu queria estar na festa, pá
Com a tua gente
E colher pessoalmente
Uma flor do teu jardim
Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá
Navegar, navegar
Lá faz primavera, pá
Cá estou doente
Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim.

Ele há cargas fantásticas, não há? ... E tratados, que colocam um fim nelas também.

Sem comentários: