As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Acabaram-se as Férias

A praia hoje estava tão convidativa.
O Sol beijava as águas com um brilho de verdadeiro prazer.
As ondas suaves, para um dia de Outono, brincavam com as rochas, enviando salpicos a quem passava.
Pareciam miúdos os 3 a pregarem partidas.
Os pesacadores aproveitavam a vida, deixando as minhocas tomarem banho... controladamente... sim porque isto da Liberdade é só para alguns.
E eu à espera do comboio para ir para Lisboa... ai se os compromissos o não fossem... mas os prazeres nunca são completos.
Já não ir trabalhar de tarde, já é prazer demais para um dia.
Mas ao ver o Sol e as águas, ali olhando para mim e convidando-me a juntar-se-lhes, fez com que eu quisesse estar lá.
Mas tal como Moisés, só via terra prometida ao longe...
É nestas alturas que eu me questiono porque não sou crente... já que pareço pagar pelos meus pecados.... ou não...


Muda de vida - Letra de António Variações
Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar
Ver-te sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens...que ser assim?...
Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar
Ver-te sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens... que ser assim?...
Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver
Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver
Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar
Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar

HÁ CARGAS FANTÁSTICAS NÃO HÁ?

Sem comentários: