As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

domingo, 7 de dezembro de 2008

et pluribus unum

Hoje o Comandante do regimento na sua ordem de serviço mandou destacar o blogue "Pimenta Negra". É um blogue, que tem tuda a ver com o tema de hoje, um blogue sobre os movimentos sociais, a ecologia, a contra-cultura, os livros, com uma perspectiva crítica sobre todas as formas de poder (económico, político, etc), visitem-no em http://pimentanegra.blogspot.com/ já sabem basta clicar em cima

CAROS BLOGUISTAS MILITANTES
Com o evoluir da espécie pensar-se-ia que os seres humanos tendencialmente seriam solidários.
Os estágios humanos da animalidade do egoísmo e outras brutalidades deveria ser algo que deveria ter sido erradicado... ou seja deveria ter evoluído.
Não sei se é por vagas históricas, mas quando vejo os homens a guerrear pergunto-me se alguma vez evoluímos.
Mas mesmo assim, assistimos de tempos a tempos o mundo a unir-se por causas, e fazem canções com isso, para cativar a malta, numa época entre a década de 80 e 90 do Século passado, entre outras destacam-se: Live aid (We are the world), o português Abraço a Moçambique,
Contra a guerra nos Balcãs, esta utima sem canção.
Existem países mais lutadores que outros, onde a consciência social é mais forte e solidária, assistimos a alguns países a lutarem contínua e interruptamente por causas diversas, pela causa do Ambiente, por exemplo.
Também assistimos a radicais que lutam as vezes de formas menos ortodoxas e toleradas... e até assistimos Portugal a lutar por Timor.
Nesta luta de libertação do povo Maubere, foram precisos anos, é certo, mas lá despertámos e lutámos na secretaria diplomática por um povo que há muito perdia no terreno, e merecia ser libertado da opressão e ter dignidade.
O que esse povo depois fez com o que decorre da sua liberalidade de usar a liberdade, isso já não nos cabe a nós ditar, planear só poderemos prever, está no livre arbítrio deles. Deveríamos porém ter sido o Povo protector, o povo que deveria e deverá orientar a jovem democracia Timorense a seguir o seu bom caminho, mas verdade seja dita... nós nem connosco conseguimos ter a democracia a caminhar direito, duvido que sejamos bom exemplo para outros.
Todos nós nos esquecemos por momentos que "O preço da liberdade é a eterna vigilância...". E devido a esse esquecimento, não velamos pela democracia e pela liberdade e depois devido a um desentendimento qualquer em qualquer parte do mundo, lá temos de enviar de emergência os Batalhões de tropas da ONU e a Ajuda Humanitária, e isso tudo nos faz relembrar "Qu o preço da LIberdade é a eterna Vigilância", e a Liberdade e democracia também pela força se impõe.. que por ironia a democracia e a liberdade era algo que deveria ter sido naturalmente conquistada pela política nacional e internacional e pela vontade do povo.
Caros Bloguistas Militantes
"A democracia só faz sentido á escala global, de nada vale ter democracia aqui sabendo que o vizinho sofre e que mais cedo ou mais tarde somos apanhados por essas ondas de choque."
Enquanto houver tirania e despotismo nenhuma nação democrática se pode sentir segura, afinal somos todos um, qual corpo de mosqueteiros, temos de ser "Um por todos e todos por um" .
Estou convicto que a minha liberdade não termina quando começa a liberdade dos outros, pois se a liberdade dos outros termina, então não existe liberdade plena, ou pelo menos com balizas aceitáveis, se a liberdade de só um termina então não existe liberdade de um todo.
Talvez quando dizemos a frase "A minha liberdade termina, quando começa a liberdade dos outros" nos queiramos referir especificamente ao que em sociedade chamamos de respeito e á falta dele... mas o aprofundamento deste pensamento fica para uma dissertação noutros fóruns a que nem todos têm acesso.
Infelizmente ultimamente o ser humano tem sido de modas e não de causas, apesar de estar em voga a moda das causas, mas não confundamos a árvore coma floresta, talvez porque temos visto os outros países a revoltarem-se e a lutarem por causas, como por exemplo os Franceses quando dizem "Stop ne touche pas mon ADN", colocando em causa as multinacionais farmacêuticas que querem atacar e fazer com clones agrícolas e sabe-se lá mais que outro tipo ou então os agricultores com os transgénicos, para que se saiba os transgénicos dão cabo da biodiversidade, ou então os belgas ou os alemães a preocuparem-se com o bem estar do planeta e são tantos os que se preocupam com o Planeta... mas tão poucos os que são ouvidos, e quase nada se faz.
Talvez por isso ou talvez porque os regimes ditatoriais ficaram fora de moda nas zonas estratégicas da guerra fria, pois já não eram precisos... que nos ouviram sobre Timor.
Em termos simbólicos, Portugal foi o povo que "retirou" ás garras da tirania despótica, lançou o embrião da última nação a formar-se no SEC XX e a ajudar a nascer no SEC XXI a democracia nesse novo país.
Não vencemos a crise, não comprámos nada de marca, não entrámos no guiness, não fomos ao espaço mas mais importante que qualquer prémio ajudou a acabar com a opressão de um Povo.
Fomos capazes disso, tivemos ajudas, mas fomos capazes, mas tam´bem o que se faz n mundo sem ajudas, e é bom contar com ajudas e com pessoas solidárias...
E depois quando se pensou que o pensamento de justiça de rectidão, a luta pela causas fosse aqui pelo nosso burgo assentar finalmente arraiais, eis que nos voltámos a preocupar com o tangível e com o material.
Parece que quanto mais enriquecemos mais emburrecemos, e, preferimos ficar sentados na poltrona, ficando cada vez mais agarrados ao nosso eu, e assim estamos.
Parece que nada nem ninguém nos afecta.
E agora por cá?
Tivemos a época dos fogos florestais, e vamos voltar a ter... é um fenómeno que para a maioria é natural... se bem que este ano foi um ano fraco neste aspecto (felizmente)... Mas o nosso país ter uma época de fogos etoda a gente achar natural... imagine-se... e ninguém se indigna.
E não se lembram que por causa desta e das épocas de fogos anteriores e das vindouras, que nós vamos ter mais seca , mais falta de água, apesar de chover tanto ou mais que em anos anteriores, teremos menos qualidade de vida, mas isso que interessa?
O que interessa para o povão é que o Benfica não jogou nada mas não perdeu... o resto... o resto ... Que se lixe! ... que a crise é grande. Por isso "ET PLURIBUS, UNUM".
We Are The World - Usa For Africa - Composição: Michael Jackson / Lionel Richie
(Lionel Richie)There comes a time when we hear a certain call
(Lionel Richie & Stevie Wonder)When the world must come together as one
(Stevie Wonder)There are people dying
(Paul Simon)And it's time to lend a hand to life
(Paul Simon & Kenny Rogers)The greatest gift of all
(Kenny Rogers)We can't go on pretending day by day
(James Ingram)That someone, somewhere will soon make a change
(Tina Turner)We are all part of God's great big family
(Billy Joel)And the truth, you know, love is all we need
Chorus:(Michael Jackson)We are the world,
we are the childrenWe are the ones who make a brighter daySo let's start giving
(Diana Ross)There's a choice were makingWere saving our own lives
(Michael & Diana Ross)It's true we'll make a better day Just you and me
(Dionne Warwick)Send them your heartSo they'll know that someone cares
(Dionne Warwick & Willie Nelson)And their lives will be stronger and free
(Willie Nelson)As God has shown us by turning stones to bread
(Al Jarreau)And so we all must lend a helping hand
(Chorus)We are the world, we are the children
We are the ones who make a brighter day
So let's start giving
(Bob Dylan)There's a choice were making
Were saving our own lives
It's true we'll make a better dayJust you and me
(Michael Jackson)When youre down and out, there seems no hope at all
(Huey Lewis)But if you just believe there's no way we can fall
(Cindy Lauper)Well, well, well, well let us realize that a change can only come
(Kim Carnes)When we stand together as one
(Chorus)We are the world,
we are the children
We are the ones who make a brighter day
So let's start giving
There's a choice were making
Were saving our own lives
It's true we'll make a better day
Just you and meWe are the world

ELE HÁ CARGAS FANTÁSTICAS, NÃOHÁ? A BRIGADA AO CARREGAR FA-LO COM AGRADO PELAS CAUSAS JUSTAS E SOLIDÁRIAS, MAS O QUE A BRIGADA PREFERE MESMO SÃO OS TEMPOS DE PAZ

Sem comentários: