As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

sábado, 21 de novembro de 2015

Foi tudo descoberto entre a Criada e o Patrão ou A Teoria da Constipação

Foi tudo descoberto entre a Criada e o Patrão ou A Teoria da Constipação


Crónica do que vai acontecer a PORTUGAL na Nomeação do GOVERNO.
Se julgam que a “novela” do Governo português está quase no fim desenganem-se.
O que vai acontecer (garantiram-me) é o seguinte:


Após ouvir hoje, 20.11.2015, os partidos, o P.R. chamará o líder do PS, discretamente no Domingo à noite, dia 22, para um jantar na Travessa do Possolo.
O Líder do PS, vai a casa do P.R., onde Maria, servirá um magnífico Caril de Gambas Indiano (uma receita que ela obteve na Tele-Culinária do Chefe Silva), já antecipando, o que o P.R. vai dizer ao Líder do PS.
Estão a meio do jantar, quando o P.R., se dirige ao líder do PS e lhe diz, eu queria que você se entendesse com o Líder do PSD, mas, visto isso não ser possível, eu vou…
E, repentinamente, o P.R., dá-lhe uma macacoa, e cai para o lado, perante os gritos de Maria, e o olhar estupefacto do Líder do PS, julgando tratar-se de mais uma daquelas razões a que os médicos apelidam de "reacção vagal" que o PR em momentos importantes, que passado alguns momentos corre a socorre-lo pedindo ajuda.
Eis que chegam os seguranças, e mandam avançar logo as equipas médicas e de emergência.
Os jornalistas, que tudo sabem, e que tinham seguido o líder do PS, quando acharam suspeito este ir para os lados da “Teixeira Gomes” (sede do governo), assistem a todo aquele aparato e logo o Correio da Manhã, começa com especulações:
“P.R. hospitalizado de urgência depois de jantar de caril suspeito com o líder do PS”.
Transportado para o Hospital da Cruz Vermelha (tal como o outro foi), os médicos, na 3ª feira, dia 24, fazem o seu prognóstico e dizem que o P.R. vai ficar “INOP” pelo menos até ao fim do mandato.

A A.R., trata do procedimento de substituir interinamente o P.R., e o Presidente da A.R., toma posse interinamente do cargo, conforme a C.R.P. manda.
O P.R. interino, convoca o Conselho de Estado para 2 de Dezembro, antes de tomar qualquer decisão, no dia 4 de Dezembro, chama os partidos para os ouvir.
No dia 6, o P.R. interino chama o líder do PS, para um jantar em Belém, e lhe convidar a ser primeiro-ministro.
No final do jantar, já durante o whisky, o P.R. interino, começa a balbuciar palavras indecifráveis, denotando que algo não estava bem, o Líder do PS, chama logo o mordomo, que por sua vez chama os serviços de emergência, que levam o P.R. Interino para o Hospital da CVP.
O CM, que tudo sabe, notícia logo, “Mais um que acaba no Hospital depois de um janta suspeito com o Líder do PS”.
Nesta altura Hospital da Cruz Vermelha 2 Belém 0.

O MP, assim que sabe da notícia, abre logo um Inquérito, ao que o CM diz logo “MP coloca mais um Líder do PS sob suspeita”.
Na 3ª feira 8 de Dezembro, os médicos da CVP, indicam que o P.R. interino vai ficar “OUT OF LINE” pelo menos durante 4 meses.
Na 4ª feira, o líder do PS , diz que perante aquelas duas adversidades não se sente em condições psicológicas para assumir os destinos do país, dizendo que vai entrar em reflexão profunda.
Reunida de emergência no dia 10, a A.R., empossa como substituta, uma mulher para assumir interinamente a Presidência.
A P.R. interina, convoca o Conselho de Estado para 14 de Dezembro, antes de tomar qualquer decisão, no dia 16 de Dezembro, chama os partidos para os ouvir.
No dia 16, à noite a P.R. interina chama o líder do PSD, para lhe convidar a ser primeiro-ministro.
O líder do PSD, que antes tinha ido jantar com o líder do PP, desloca-se a Belém, e quando a P.R. interina, lhe faz o convite, repentinamente o Líder do PSD, cai para o lado.
Chamados os serviços de emergência, o líder do PSD, é levado para o Hospital da C.V.P., onde também passadas duas horas dá entrada o líder do PP.

Dia 18, os médicos confirmam que os 2 lideres estão “fora de jogo”, pelo menos 4 meses, e que descobriram que é um veneno desconhecido que lhes anda a deixar assim.
Então torna-se evidente, alguém anda a tentar aniquilar os líderes dos principais partidos e as principais figuras do Estado envenenando-os.
O CM que tudo sabe saiu logo com as parangonas “ Conspiração socialista dá (novamente) para o torto”.
Perante estes factos, a P.R. interina, convoca novamente o Conselho de Estado para o dia 18, e no final dirige-se ao país dizendo que, perante estes factos, vai propor um governo de salvação nacional, até que o próximo P.R. possa decidir algo.
A P.R. interina, convoca os partidos para dia 19, para serem ouvidos.
À cautela, a P.R. interina, dirige-se ao Hospital da CVP, onde chama o líder do PCP, a líder do BE, e líder do PAN, e as segundas figuras do PS , PSD E PP, e convida o líder do PAN para primeiro ministro interino.
O CM que está sempre em cima do acontecimento notícia “ É o fim da Macacada, líder do PAN, convidado para 1º Ministro do Governo de Salvação.”
A Policia Judiciária, que é uma polícia eficaz, no dia 24 de Dezembro, prende Garcia Pereira.
E é o Correio da Manhã que notícia “Perigoso advogado esquerdista, preso e acusado de atentar contra o ESTADO”,e depois pormenoriza.
Foi Garcia Pereira, do MRPP, que, confessou , que depois do desgosto que teve ao ser expulso do MRPP, quis fazer Jus ao seu slogan do seu partido de sempre “Morte aos traidores”, e urdiu todo este plano.

Ao tomar conhecimento destes factos, e em comunicado, o MRPP, congratula-se, pela louvável acção do seu militante, em tentar, não com muito sucesso, aniquilar os Porcos Capitalistas que conduziram o país à submissão Imperialista, acrescentando, que não vai receber de novo Garcia Pereira, pois foi mal sucedido, e só conseguiu retirar esses porcos capitalistas temporariamente do jogo e não conseguiu aniquilá-los, finalizando o comunicado com a seguinte frase “É o que dá comprar venenos no país de MAO e não aos imperialistas, todos sabemos que os produtos chineses não duram muito.” Terminam com o slogan PORTUGAL FORA DO EURO E DA NATO JÁ...e como podem ver FOI TUDO DESCOBERTO ENTRE A CRIADA E O PATRÃO....

A BRIGADA A BRIGADA TAMBÉM TEM AS SUAS TEORIAS, MAS NÃO CONSPIRA... SÓ TRANSPIRA.



Tango dos pequenos Burgueses
José Jorge Letria

Que família tão unida
tão discreta e ordenada
eram oito fora o gato
eram oito fora o gato
para não falar da criada

Da criada e do patrão
e da vizinha do lado
é a crise da habitação 
é a crise da habitação 
é preciso é ter cuidado

Desde a cave até ao sótão 
está tudo acomodado
que família tão unida
que família tão unida
e é tão escasso o ordenado

Muito escasso mas honesto
para não falar da mobília 
o que importa é o resto 
o que importa é o resto
e o abono de família

Em abono da verdade 
eu que também sou inquilino
posso mesmo acrescentar
posso mesmo acrescentar
que são coisas do destino

Do destino ou da razão 
para o caso tanto faz
uma família tão unida
uma família tão unida
só pode viver em paz

Nem que seja a paz comprada
a preços a fim de estação 
o que é preciso é conservar 
o que é preciso é conservar 
o calor da habitação

Foram os filhos trabalhar
porém as filhas não 
só servem para enfeitar
só servem para enfeitar
os canteiros da solidão

Mas foi tudo descoberto
entre a criada e o patrão
estremeceu a paz do lar
estremeceu a paz do lar
são os caprichos da razão

Foi o pai envenenado
pela mãe em alvoroço
e a vizinha do lado
e a vizinha do lado
pôs uma corda ao pescoço

A moral deste tango
ninguém a deve esquecer
compre a morte a prestações
compre a morte a prestações
e não se há-de arrepender

E se for envenenado
tem um mês de garantia
um calendário ilustrado 
um calendário ilustrado
e pilhas para a telefonia


Sem comentários: