As minhas cachadas no Geocaching

Profile for jpngi

sábado, 28 de julho de 2007

Não sei mesmo se Lisboa não partiu para parte incerta

Férias, ai eu quero férias!

Eu gosto é do verão (é o que todos dizem, eu por acaso gosto mais das férias de Inverno)... São os suspiros que eu ouço: no emprego, nas frases do MSN, no comboio, no autocarro, sim porque eu sou gente do povo, ando de transportes públicos, tento contribuir par minorar o impacte no ambiente...

Eles contam os dias que faltam...Toda a gente suspira por férias...

E eu acho isso tão estranho..

Das duas uma ou estão a mentir ou estão no gozo, só pode ser isso.

Porque afirmo isto?

Porque quando emito a opinião que não gosto de trabalhar, e assumo... todos me olham com ar de reprovação, abanam as cabeças e fazem TSC...TSC...(estou farto destes softwares que não deixam colocar pontuação).

Mas falai a eles em férias, falai... e verão então o caso muda de figura.

Os olhos cintilam, os planos começam a maquinar na cabeça... viagens, locais paradisíacos, ah se eu ganhasse o euromilhões tinha férias permanentes... para que?

Para acabarem numa praia do ALL GARVE (como agora é oficialmente designado, ... sim porque agora não vão ao Algarve...vão ao ALL GARVE ... a diferença é substancial .... na carteira... talvez...), a falarem de trabalho com aquele colega que por pura das coincidências foi passar as férias ao mesmo local que nós...

Coincidência?

Como pode existir coincidência? Todo o pé rapado do nosso país vai passar as suas férias no estrangeiro... ao All GARVE

Todo o país está no ALL GARVE ... ou a pensar ir para lá... aposto que se fizessem um censo por estas alturas, acabava-se o tal mito que no norte é que se trabalha, ou o outro que a população está mais no litoral que no interior, era limpinho... Portugal ficava com mais dois ou três milhões de pessoas a sul ... não sei se dois ou três milhões de trabalhadores...

No ALL garve estão lá todos, desde o pobre da classe média até ao empresário de classe.

Bom não contamos com os que são "pobres que mais pobres que nós não há", esses ficam esquecidos pelas praias das costas: da Caparica, da Figueira, da Foz do Douro, de Espinho... ou seja quanto mais dinheiro teem mais para sul vão.... olha se fosse assim com os pássaros?

Devia ser giro. As andorinhas passariam do trópico de Capricórnio? E os Estorninhos? ainda bem que no ar, para os pássaros, não há longe nem fronteira.

Quanto aos que restam... os miseráveis... esses estão ao abandono nas ruas da cidade... e contentam-se com os banhos de mangueira das barracas ou dos bairros sociais.

E aqueles mais pequenos... os sortudos, a quem a sorte municipal bate á porta?

Esses vão passear pelas acções praia-campo da câmara municipal, e até tem direito a um lanchinho, para enganar a fome da miséria envergonhada que a nossa sociedade à sorte das barracas abandonou.

Ressalve-se aqui que a acção das câmaras municipais é louvável e gostaria que continuasse, a nossa atitude indiferente perante os casos gritantes é que não.

Mas lá vão para o ALL GARVE o empresário de classe e as tias de Cascais e outros seres que tais.

Mudam-se para banhos nalgumas praias famosas... famosas porque as revistas da especialidade o dizem que são e não mudam de hábitos pois mudam-se de armas e bagagens para as discotecas do ALL GARVE.

Atrás de si levam a industria paparazzi... que agradecem estas férias (pagas pelo jornal ou revista) de câmara fotográfica numa mão a fotografar o Jet Set e na outra um copito de champagne.

E lá estão uns e outros do dito "jet set" comprado a peso do ouro jornalístico, a gozarem o dinheiro a que o Zé povo não tem acesso.

As discotecas de Lisboa é que ficam sem eles e nestas alturas ou fecham ou qualquer um pode entrar mesmo sem o exorbitante consumo mínimo do Inverno.

O que me faz lembrar, que já me fizeram rir á porta de uma discoteca quando me pediram 500 euros para entrar.

Eu digo onde foi... no BBC.

Que fortuna, o facto de não sermos espanhóis e não estamos em Madrid, tem destas coisas.

Sim porque lá são uns oferecidos, as discotecas lá oferecem a segunda bebida e quase te pagam para entrares...bimbos...não fazem selecção de gente fina...espanhóis é o que são ...huumppf... de que é que estávamos á espera?

Lá, em Madrid, deixavam entrar um tipo como eu ... vê-se mesmo que não me conhecem... coitados.

A classe média, bem essa não vai ás discotecas, esses discotocam noutros lados, contentam-se com um marisquito de vez em quando, a festa da aldeola, acaso houver (são algumas bem giras diga-se de passagem) ou entretêm-se a ver passar os turistas e a ouvir Quim Barreiros e companhia.

Ai que saudades dos palhinhas e do presunto e da broa que se levava de farnel para a praia... e das sestas no campo ...

Portugal fechou para férias, isso é que é verdade, felizmente os fogos de Verão também tiraram férias.... talvez cheguem mais tarde mas enquanto o pau vai e vem....

Mas andámos a brincar com o tempo, e o tempo este ano pregou-nos uma partida... tinha andado a ameaçar e este ano temos a concretização, este ano, o próximo e os outros que aí virão...

Portugal está de férias no ALL GARVE e eu fiquei em Lisboa de férias de todos eles, estava a ver que não ... que por lá fiquem muito e bom tempo ...


125 Azul - Letra: Luís Represas

Foi sem mais nem menos
Que um dia selei a cento e vinte e cinco azul
Foi sem mais nem menos
Que me deu para arrancar sem destino nenhum

Foi sem graça
Nem pensando na desgraça que entrei pelo calor
Sem pendura
Que a vida já me foi dura para insistir na companhia

O tempo não me diz nada
Nem o homem da portagem na entrada da auto-estrada
A ponte ficou deserta
Não sei mesmo se Lisboa não partiu para parte incerta

Viva o espaço
Que me fica pela frente e me deixa recuar
Sem paredes
Sem portas nem janelas nem muros para derrubar

Talvez um dia me encontre
Assim, talvez um dia me encontre

Curiosamente
Dou por mim pensando onde isto me ia levar
De uma forma ou d'outra
Há-de haver uma hora p'ra vontade de parar

Só que à frente
O bailado do calor vai-me arrastando p'ro vazio
E com o ar na cara
Vou sentido desafios que nunca ninguém sentiu

Talvez um dia me encontre
Assim talvez me encontre

Entre as dúvidas do que sou e onde quero chegar
Um ponto preto quebra-me a solidão do olhar
Será que existe em mim um passaporte para sonhar
E a fúria de viver é mesmo fúria de acabar

Foi sem mais nem menos
Que um dia selou a 125 azul
Foi sem mais nem menos
Que partiu sem destino nenhum
Foi com esperança sem ligar muita importância àquilo que a vida quer
Foi com força acabar por se encontrar naquilo que ninguém quer

Mas Deus leva os que ama
Só Deus tem os que mais ama



Ele há cargas fantásticas , não há?

1 comentário:

Op.Louca disse...

Hã? Heim? Como? Porquê?? Ok..Ok.. Faz de conta que até percebi tudinho ( e logo hoje que é só Whisky.....Sabes como é!!!!! ) ; )

Digamos de passagem que ...Há Cargas Fantásticas, há!!!! Mas olha lá ... Caga nisso....Upssss..queria dizer .. Carga nisso ; )

É.. eu estou como tu..prefiro as férias de Inverno, afinal vamos de férias de Verão e ainda chegamos mais cansados do que fomos. No Inverno sempre é mais agradavel, pelo menos para mim ( Mais isso são outros " quês". )

Algarvi????? Oh..Homi..Deveras Fantabolástico o Algarve..ahahahahahahahaha, e logo eu que Adoro.... ( sabes é que à uns anos atrás...ainda eu andava " debaixo" das asas dos pápás ( isso pensavam eles ), fui p'ra lá.. e jurei p'ra mim mesma que nunca mais colocaria lá os " pés..Braços, olhos, etc... entendes né?? " ) Coisa mais horrorosa e desgastante que o Algarve ainda não encontrei. Enfim......Não deixas de ter razão ao escreveres o que aqui eu li.

Já agora falar em Férias, muda de figura?? Humpfff em quê?? ( Cá a je, está de férias todo o Ano, e digo-te é uma Grande Seca, mesmo quando chove! ) E não, não me venhas com essa de que sou riquinha, ricalhaça, ou que me saiu o Euro-Milhões, pois se assim fosse, " Ninguém " me aturaria...Disso estou eu certa...Opssssssssssssssss, entendeste-me na perfeiçao, né verdade? ; )

E agora tentando escrever alguma coisa que jeito tenha:
-Bora lá, Carga No Blog, estou a gostar... : )

( Quanto ao não saberes se Lisboa partiu para parte incerta, a única coisa que eu sei, é que a trago No Coração, vai daí, não está em lugar incerto coisa alguma.. ) Ehehehe

Beijoquinhas Daquelas que só TuEEu, sabemos